Acompanhe Kiki Around the World pelo blog e deixe seus comentários para interagir com a gente.

Índia – A incrível região central

Foi depois de 16 horas de ônibus noturno em direção ao norte que chegamos ao nosso destino Aurangabad. Uma cidade sem nada muito interessante, a não ser pelo seu palácio, o Bili-Qa-Magbara que é uma réplica do famoso Taj Mahal em Agra, mas muito menor que o original. Fomos a atração principal para os turistas indianos que queriam tirar fotos com a gente.

Auragangabad é de fato uma base para visitar as duas famosas cavernas da região, que são cidades de templos totalmente esculpidos na montanha, onde viveu toda uma civilização entre os séculos III e XI. Os dois impressionam pelo seu tamanho e trabalho manual mas têm suas diferenças. Ajanta Cave, a mais antiga, teve 30 cavernas construídas em um vale e o lance lá são os afrescos nas paredes e tetos e a caverna #26 que tem um trabalho de carving fantástico.

Mas a que gostamos mais foi Ellora cave, com 34 cavernas escavadas em 2km de comprimento, ela tem um trabalho de carving magnífico e cavernas que impressionam pelo tamanho, como o Kailasa temple, simplesmente de tirar o fôlego!

Depois de 3 dias partimos para mais uma longa viagem em direção ao Rajastão, no norte do país. Fizemos 8 horas de trem noturno e fizemos uma parada em Mumbai. A cidade é mais urbana e pela primeira vez encontramos os locais mais moderninhos e jovens usando bermudas e mulheres com ombros de fora, o que é raro por aqui. Mumbai tem prédios impressionantes com uma forte influência da arquitetura européia, como o da estação de trem, o tribunal superior e o Taj Mahal Palace hotel. Além disso, a cidade parece que parou no tempo, com seus prédios antigos e taxis Fiat da década de 50. Lá visitamos também o Dhobi Ghat, uma lavanderia a céu aberto onde cerca de 400 homens fazem todo o trabalho manual. Isso é a Índia!

Infelizmente perdemos a chance de virarmos estrelas na Índia, participando como extras em um filme de Bollywood. Fomos recrutados na rua, mas como a gente partia no mesmo dia não rolou. Então as 6 da tarde embarcamos em mais um ônibus noturno para fazer 18 horas de viagem até Udaipur.

Comentários

  1. Élida 01 Mar 2012 / 16:51 UTC / #

    nossa…!!!!! essas horas todas de viagem de trem já me deixam cansada! hahaha

    • Carol 07 Mar 2012 / 02:51 UTC / #

      Viajar 5 horas pra gente agora é a mesma coisa que 1 hora… A gente nem sente mais. Ahahhaah… Depois de um tempo vc acostuma.