Acompanhe Kiki Around the World pelo blog e deixe seus comentários para interagir com a gente.

Bolívia – As belezas naturais do sul

Segunda-feira, dia 6 de dezembro de 2012, 7:30 da manhã, e estamos partindo para no nosso tão esperado tour pelas belezas naturais do sul, um mix de montanhas, lagoas e o famoso deserto de sal.

Foram 4 dias, 9 viajantes de diferentes lugares do mundo, 2 jeeps, 2 motoristas, 1 cozinheira e 2 dias sem banho e foi simplismente incrível! O tour superou todas as nossas expectativas e é quase impossível descrever tudo o que vimos. Durante 4 dias passamos por paisagens impressionantes e de estilos totalmente diferentes, todas de deixar o queixo cair! Esse talvez foi o post mais difícil de fazer até hoje, eram tantas fotos maravilhosas que foi difícil escolher.

Durante a viagem quase todos passaram mal devido a altitude, que chegou até 5.000 metros! Já tínhamos ouvido falar que era complicado mas a gente sempre acha que não vai acontecer com a gente… Dor de cabeça, dificuldade de dormir, tontura, enjôo! É, pegou a gente. Todos ficaram mal na primeira noite, a Carol ficou bem mal após visitarmos os Geisers no segundo dia e o Alexis quase desmaiou após se banhar nas águas termais. Para melhorar a gente sugava as famosas folhas de coca, tomava chá de coca e remédio pra dor de cabeça. Mas no final todos ficaram bem e aproveitamos muito. Valeu cada segundo!

Nossa incrivel jornada:

DIA 1
Começamos com uma paisagem de faroeste com as enormes montanhas secas em Cerrillo por um complicado e perigoso caminho de terra e fomos subindo de 3.000 m de altitude em Tupiza para 4.250 m no povoado de San Pablo. Essa foi a primeira e pior noite, onde todos passaram mal e não conseguiam dormir. Os primeiros efeitos da altitude!

DIA 2
Partimos as 5 da manhã e continuamos subindo até 4.855 m em Passo de Marte, onde estava com neve. No caminho passamos pela cidade fantasma e várias áreas de exploração de minas de prata, ouro e outros metais. Visitamos a Laguna Hedionda.

Relaxamos nas águas termais.

Visitamos os Géisers (o ponto mais alto da viagem, a 5.000 metros) e chegamos no final da tarde para admirar a maravilhosa Laguna Colorada, com cerca de 10 mil flamingos.

DIA 3
Fizemos um caminho exótico em direção ao Salar de Uyuni, passando por áreas alagadas como o Salar de Capina e por uma enorme e linda região de formação de rochas vulcânicas, como a Copa do Mundo e a Itália Perdida.

Além das exuberantes Laguna Vinto e Laguna Negra.

Passamos também pelo mirador do vulcão Ollague, por uma antiga área de lago onde se podia ver um mar de corais ressecados que pareciam até pedras e cruzamos a antiga linha de trem em Salar de Chiguana até chegar em Uyuni para passarmos a noite num hotel de sal. E era mesmo de sal, porque a carol lambeu a parede e provou!

DIA 4
O dia mais esperado… Fomos visitar o famoso deserto de sal. Começamos com o nascer do sol.

Depois partimos por uma área que estava alagada e que parecia até um espelho, fazendo um incrível reflexo do vulcão Tunupa.

Até chegarmos na exótica ilha dos cactus.

De lá tivemos uma hora em carro em uma inifita paisagem de sal que parecia não mudar nunca até pararmos novamente em uma área seca para fazer as divertidas fotos e depois finalizarmos o tour na esquisita cidade de Uyuni.

Definitivamente foi incrível, adoramos cada momento, os exóticos locais que encontramos pelo caminho, os diferentes e belos animais, cada visual e a companhia do nosso super grupo!

Comentários

  1. ROGERIO ARCE CINTRA 17 Dez 2012 / 07:32 UTC / #

    Exótico, excelente para refletir.

    bj

    • Carol 19 Dez 2012 / 00:54 UTC / #

      Depois da África pensa nesse aí… É bem legal!